ANÁLISE DAS TEMPERATURAS INTERNAS E SUPERFICIAIS EM DIFERENTES REVESTIMENTOS URBANOS SOB AS COPAS DAS ESPÉCIES ARBÓREAS OITI (LICANIA TOMENTOSA) E MANGUEIRA (MANGIFERA INDICA) EM CUIABÁ-MT

O objetivo desta pesquisa foi analisar a temperatura interna e superficial em diferentes amostras de revestimentos urbanos (solo, concreto e asfalto), sob as copas das espécies arbóreas oiti e mangueira, nos períodos quente-seco e quente-úmido de 2015 na cidade de Cuiabá-MT. Como referencial para comparaçãofoi utilizado um local sem sombreamento com esses mesmos revestimentos. Foram coletados dados de temperatura interna e superficial dos revestimentos, temperatura e umidade relativa do ar nos três ambientes (oiti, mangueira e sem sombreamento) e em três diferentes horários: 8h, 14h e 20h. Os resultados apontam que os revestimentos sob a copa da espécie arbórea mangueira obtiveram os melhores desempenhos térmicos internos. O solo obteve o melhor desempenho térmico internamente nos dois períodos e superficialmente no período quente-úmido. Cabe ressaltar a importância dos estudos desenvolvidos nas áreas urbanas sobre a mitigação da arborização em proporcionar melhor conforto térmico, principalmente em regiões de clima quente como Cuiabá-MT.

RIBEIRO, K. F. A. ; SANTOS, F. M. M. ; VALIN JR, MARCOS DE OLIVEIRA ; NOGUEIRA, M. C. J. A. ; FRANCO, F. M. ; NOGUEIRA, J. S. ; BIUDES, M. S. ; DE MUSIS, C. R. . ANÁLISE DAS TEMPERATURAS INTERNAS E SUPERFICIAIS EM DIFERENTES REVESTIMENTOS URBANOS SOB AS COPAS DAS ESPÉCIES ARBÓREAS OITI (LICANIA TOMENTOSA) E MANGUEIRA (MANGIFERA INDICA) EM CUIABÁ-MT. In: Congresso Luso Brasileiro para o Planejamento Urbano, Regional, Integrado e Sustentável, 2016, Maceió - AL. Anais do 7º Congresso Luso Brasileiro para o PlanejamentoUrbano, Regional, Integrado e Sustentável : Pluris : contrastes, contradições, complexidades: desafios urbanos no Século XXI. Maceió: Viva Editora, 2016.