LEVANTAMENTO DO POTENCIAL DE GERAÇÃO DE RCC ESTUDO EM ÁREA DE COLETA EM CUIABÁ-MT

A elevada taxa de resíduos sólidos urbanos e a preocupação quanto à sua destinação final é um fato que vem se transformando em um grande desafio para a sociedade. Estima-se que os resíduos de construção civil representam cerca de 40 a 60% do resíduo sólido urbano gerado nas grandes cidades. Nesta pesquisa objetivou-se identificar, quantificar e classificar os resíduos urbanos descartados em containers de coleta nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande (MT) que são destinados a uma área de coleta. A metodologia de trabalho baseou-se em observações de campo que foram catalogadas e darão suporte à produção de informações de caráter técnico-científico e à produção de novos materiais de construção civil utilizando os resíduos sólidos da construção e demolição. Os resultados obtidos permitiram a identificação de diversos materiais na área de coleta e a percepção de que uma parcela significativa do que é despejada nos containers destinados a coleta de RCC trata-se de materiais sem reutilização. Entre os materiais recicláveis identificaram-se na área em estudo: madeira, cobre, ferro, latas de alumínio, latas de tinta, papelão, plástico mole, plástico duro e o RCC. Na identificação dos materiais da área de estudo no período analisado concluiu-se que em relação ao volume total de entrada 66% dos resíduos sólidos são reaproveitáveis e destes 70% podem ser classificados com RCC. Pode-se concluir por meio deste trabalho que uma parcela representativa dos resíduos sólidos urbanos pode retornar para a cadeia produtiva, principalmente para a construção civil na produção de novos materiais.

OLIVEIRA, A. S. ; VALIN JR, M. O. . Levantamento do potencial de geração de RCC: estudo em área de coleta em Cuiabá-MT. In: Encontro em Engenharia de Edificações e Ambiental, 2015, Cuiabá. Anais do 3° Encontro de Engenharia de Edificações e Ambiental, 2015. v. 3.